Upfronts 2013: CBS Poucas alterações mas muitas séries novas [act.]

cbs

A CBS é regularmente o canal com menos cancelamentos e onde a cada ano introduzem um número limitado de séries, este ano a estratégia mudou ligeiramente, não houve muitos cancelamentos mais do que habitual mas o canal resolveu apostar um pouco mais em séries novas, 5 comédias novas e 3 novos dramas. Com alguns ajustes ligeiros a grelha segue o habitual processo da CBS, comédias fortes e procedurals bem ao estilo do canal. A grande surpresa é o não avanço do segundo spin of de NCIS, o que talvez tenha a ver com a necessidade de diversificar um pouco mais a grelha.

Traillers actualizados.

Continuar a ler

The Magic Box(er) #2 – Séries para dias complicados

boxerSim, foram longas as férias, mas aqui estamos nós para mais uma temporada de crónicas. Sabem aqueles dias em que, depois de um dia de trabalho que vos deixou estoirado, onde a cabeça vos parece explodir em pouco tempo, e que as pálpebras tendem a fechar-se sem vocês quererem? É nesses dias que nem todas as séries são aceites, em que Mad Men é aborrecimento, em que Breaking Bad é confuso, em que Doctor Who é impossível, onde até Dexter não vos consegue despertar uma gargalhada que seja. Para isso, meus amigos, tenho a solução…

Eu, na minha falta de cultura de termos de séries de 45 minutos (xô, comédias!), por vezes divido-as em dois tipos: complicadas e leves. É destas últimas que tentarei falar. Daquelas séries que nunca chegarão aos grandiosos prémios, mas que estão cá no nosso cantinho com a memória de serem a salvação em dias complicados que já mencionei. Bones é uma delas, Nashville talvez seja a novata que mais se encaixa neste conceito…mas há 5 exemplos que gostaria de falar: Continuar a ler

Upfronts 2012 – CBS: Em equipa que se ganha, pouco se muda [act.]

Despachadas as grelhas de programação dos concorrentes mais directos, a CBS lançou nesta quarta-feira a sua, com poucas alterações, como era de esperar. A emissora tem séries vencedoras, aproveita o efeito dos lead-in’s para estabelecer mais séries ganhadores e, enquanto os americanos adorarem procedurals, a CBS continuará a ter uma grelha semelhante. Para perceberem como a grelha é simples, foi a mais fácil de fazer e ainda tive tempo para colocar as séries que mudavam de horário (em laranja).

Carregue para aumentar

Continuar a ler

Zapping Crítico #3 – Ficção vs. Realidade

Gostamos de ficção porque nos mostra a realidade de forma estimulante, quase estilizada, instigando-nos constantemente a curiosidade. Somos bisbilhoteiros! No entanto, quando a realidade, só por si, consegue criar momentos absolutamente imperdíveis do ponto de vista de um bisbilhoteiro (ou, se vos fizer sentir melhor o uso de um estrangeirismo, um voyeur), para quê as preocupações com argumentos, guiões e divas actores? É disso mesmo de que pretendo falar: reality shows.

Dentro do formato, já vos falei anteriormente de dois dos meus favoritos: “The Amazing Race” (as minhas críticas aos episódios semanais lêem-se aqui) e “Survivor”. Contudo, e porque recentemente fiz óptimos achados, venho-vos sugerir mais duas formas de se divertirem à brava com a realidade.

Continuar a ler

Zapping Crítico #2

Voltamos a este novo espaço aqui no Imagens Projectadas para uma análise do que se passou na quinzena desde a estreia da rubrica, em termos de televisão norte-americana. O grande diferencial deste espaço é o facto de ser completamente baseado na minha perspectiva e nas produções que eu estou a assistir de momento, pelo que poderemos falar de “The Sopranos” – algo que sempre gosto de fazer -, comentar o mais recente episódio de “Survivor” ou analisar “Breaking Bad”, após uma segunda visualização.

Continuar a ler