TCN Blog Awards 2012: O discurso curtiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiinho…

29625A_10151378132020645_1411281258_nEntão bom dia pessoas. Tudo bem? Óptimo, óptimo. Pronto, era só para avisar que o Imagens Projectadas ganhou um TCN Blog Award. Vá, até amanhã…

Não é assim tão rápido. Depois de ir para terras lisboetas, venho para cima com várias histórias. Primeiro, fiquei a saber que o Ricardo Leal aconselha toda as pessoas que quiserem a vir do Porto para Lisboa, ou vice-versa, a entrar na auto-estrada. Depois, que a A1, de noite no quilómetro 251 é bastante engraçada. Duas horas à espera do gasóleo (ou num tempo próximo disso) deu para conhecer o espaço. Recomendo visita. E, depois, ganhámos um TCN Blog Award. Sim, este blogue saiu de Lisboa com um prémio, não em cacos, mas em condições. E este marmanjo fez o discurso mais rápido da cerimónia, de tão inesperado foi a vitória.

Assim, e porque esta é também a minha casa, faço aqui o discurso que ficou por dizer lá. Primeiramente, agradecer a toda a gente que teve a bonita ideia de votar na nossa iniciativa. Vocês são quem fazem o blogue era algo demasiado cliché, mas os visitantes são a paga do trabalho todo da equipa que faz este blogue. E tenho muito a agradecer a esses. Não sei como vos agradecer, mas apesar de ter só subido eu ao palco, o prémio é de todos vocês. Da Ana Santos (conhecida como Siglota Bolota), da Bárbara (conhecida como Babs), do Cristiano, da (Ana) Filipa Silva, da Joana Aleixo, da Joana Pereira, do João Bizarro, do Jorge Pontes, do Jorge Nascimento, do Miguel Bento, do Pedro Rodrigues (conhecido como Peminuro), da Sandra (conhecida como Coord38n27w), da Sara Deodato, da Sara Ribeiro e do Tiago Vitória. São estas 16 pessoas que actualmente fazem o blog, mas não me posso esquecer do João Barreiros, do Ricardo Lima e do Márcio (escreveu aqui como mfed) que andaram nestas lides no início. Só tenho a agradecer a todos que tornaram possível chegar aonde o IP chegou. Só tenho de agradecer a todos terem aceito o convite de me terem a enviar mails todos os meses. E de ainda dizerem que sou razoável pessoa…pronto, mazinha.

Tenho de agradecer a mais duas pessoas, que também me esqueci na cerimónia. Ao Samuel Andrade, que é um cavalheiro, e que deveria ter subido ao palco comigo (a pressa e surpresa foi tanta que me esqueci) e à Telma, ambos por terem ajudado o blog a conseguir este pequeno prémio, mas enorme para estes lados.

E depois fazer agradecimentos pessoais. Agradecer à Teresa Laranjeiro (conhecida por Syrin), ao Pedro Andrade (conhecido por estas lides por ZB) e ao Miguel Ferreira por serem as principais pessoas que me influenciam quando escrevo (sim, sem tentar comparar qualidade). Agradecer de novo à Syrin por não me ter processado no início deste blogue, e por ter “apadrinhado” o projecto. Sem ela, e apesar de ela poder achar que pouco fez, o blogue não estaria aqui.

Agradecer ao Miguel Reis que, apesar de eu poder criticar, sei que não faria melhor (e que desejo boa sorte agora a realizar directas…ou seja, ser pai), e à revista Take pelo excelente trabalho. Pode haver sempre melhorias, mas sei que chegar aonde os TCN chegaram é muito difícil, por isso eles merecem todo e qualquer agradecimento. Agradecer também a toda a academia que votou, ou talvez não, em nós. Continuar a ler

TCN Blog Awards 2011: Quando as famílias são as vencedoras…(e a explicação da falta da review de GoT)

Antes de mais, digo-vos que o título é mentiroso. Primeiro ponto. Só para ver se vocês entravam no post enganados, achando que ia dizer que a cerimónia foi uma porcaria e que os vencedores injustos. Nada disso. Completamente o oposto. Mas antes de mais, vamos dizer duas ou três notas rápidas:

Primeiro, um parabéns (de novo) ao Miguel Reis, a revista Take e a toda a máquina por trás dos TCN Blog Awards, que devem dar um trabalhão a fazer, e que, como pude comprovar este ano, são excelentemente bem feitos. Depois um parabéns à dupla de apresentadores, o Manuel Reis e o Jorge Rodrigues. Terceira e última nota: que em 2012 o Imagens consiga arranjar um espacinho nas nomeações.

Dito isto, vamos falar do que interessa: dos vencedores. E claramente o TVD foi o grande vencedor da tarde. Já dei os parabéns, mas de novo volto a dar. Merecem. O TVD foi, sempre para este marmanjo, antes de mais um sítio sobre como aprender a escrever. E cada vez que abro uma review de lá (e abro várias, acreditem…), para além de ter uma análise do episódio, tenho sempre um lado lúdico da aprendizagem. Se escrevo razoavelmente, como por vezes pode parecer, é por pessoas como o ZB, como a Syrin, como o Miguel Ferreira, entre toda a equipa (refiro estes três, porque foram claramente os que mais me influenciaram), que escrevendo críticas demonstraram o que é fazer isso. Assim, e sendo o único blog totalmente português (que eu conheça) a escrever todos os dias sobre televisão, é um orgulho ver chegarem a uns prémios que, quer se queira quer não, é essencialmente virado para o cinema (não é uma crítica, mas é ver que nos (fantásticos) vídeos de apresentação não tínhamos nenhuma referência a séries, pelo que me lembro), e ganharem 80% dos prémios para que se encontravam nomeados. Demonstra que, mesmo sendo como o ZB disse, um concurso de popularidade, a TV tem tal, que leva a ganhar tantos prémios.

E agora vai a minha proposta para o Miguel, que espero que oiça: ou se cria uma categoria para a televisão, ou nós (aka TVD…mas como era o único representante de TV para além deles, e eu não gosto de estar sozinho, juntei-me ao grupo) continuamos a levar os prémios todos. Para além de haver uma disputa muito mais saudável, visto que é impossível estabelecer uma comparação justa entre blogs que retratam temas diferentes, permitiria duas coisas: primeiro que o meio televisivo fosse mais conhecido na blogosfera portuguesa (apesar de no Novo Blog, nas duas edições existentes, estar sempre um nomeado…e sim, aqui estou claramente a puxar a brasa à minha sardinha. Apesar de saber que o Imagens Projectadas não tem ainda qualidade para ser nomeado para melhor blog da TV, visto que ainda tem de crescer) e depois permitia ao cinema ver se ganhava algo.

Acho que não tenho mais nada a referir. Contra avós, tios, sobrinhos e afilhados, espero que os TCN Blog Awards 2012 sejam de novo um bom espectáculo, e onde esteja de novo presente…Por agora ficam os vencedores deste ano:

Acho que não me esqueci nem me enganei em ninguém…então aqui fica um até para o ano.

PS: Acho que já percebi o que a Syrin esteve a fazer com o 1.10 de Game of Thrones…esperou por 2012 para o lançar de forma a entrar já nos possíveis nomeados do próximo ano…

TCN Blog Awards: Coisas lindas do papá, da mamã e da avó (ou um título que é familiar. Esqueci-me do filho)

Primeiro, prometo a toda a população mundial que este foi o título mais esquisito que leram no IP. Escrito isto, vamos lá escrever coisas.

Antes de mais, primeiro ponto que quero esclarecer antes de partir para o assunto que me trouxe aqui: os TCN Blog Awards são a melhor iniciativa da blogosfera lusitana que conheço. De longe. Não são perfeito? Do meu ponto de vista, mudaria uns pormenores. Mas, primeiro, nem eu nem grande parte dos bloggers criaria algo. Se eu só a tratar do IP vejo-me por vezes aflito, e tenho uma equipa magnífica, quanto mais não se vêem as pessoas por detrás de tal prémio. Segundo: os TCN Blog Awards, apesar de não perfeitos, são a melhor forma de reconhecer o trabalho na blogosfera lusitana em termos de cinema/TV. Porque não é um prémio que veja os oficiais (que em termos portugueses, são muito poucos, se não nulos). Acho que nenhum dos nomeados é famoso o suficiente para ter uma fã capaz de lhe mostrar as mamas no dia 7 (ò Pontes…tens alguma?). Até porque está frio. É mau por um lado (MAMAS!!!!) mas demonstra que seremos incógnitos para a maioria das pessoas. Sem os TCN, eu não conheceria metade dos blogs que hoje conheço. Porque, para mim, os TCN’s servem para isso: para conhecer novos mundos.

Feito este texto introdutório, vamos realmente ao que interessa. Tal como o ano passado fui nomeado para “Novo Blog”, este ano surgiu a oportunidade de um bom amigo meu poder receber o prémio. O GRANDE Jorge Pontes está nomeado com o Laboratório de Séries e bem merece tal nomeação. Primeiro pelo trabalho desenvolvido, que é fantástico. Depois porque é um porreiro. E terceiro, porque é o único novo blog que conheço. Mas a principal razão de o IP apoiar o Laboratório não é essa. A principal razão é porque é o único blog de Televisão nos nomeados. Tal como nas outras categorias apoio o TVDependente. Se me perguntarem se têm qualidade, eu afirmo claramente que sim. Não tenham dúvidas que, cada um a seu nível, mereceu estar nomeado. Mas a questão é que são os únicos que encontro referências. E não achando que o TVD precise dos votos dos meus companheiros, acho que o Laboratório precisa.

Assim sendo, pessoas que visitam este humilde espaço: Eu apoio o Laboratório. Eu sou género o Futre das séries (digo muitas calinadas e escrevo mal). Por isso, se o Futre vos mandasse atirar de uma ponte abaixo, vocês não se atiravam? Então façam favor…é só seguir o link seguinte e votar. Era isto, beijinhos e abraços para todas as avós do pais que acham que a Júlia não tem as mamas demasiado grandes…(não é por falta de referências a mamas que não vêm parar aqui…vou meter mais palavras interessantes: peitos, mamilos, grandes, pequenas, porno…acho que já chega)