Alfabeto das Séries: F

Nesta rubrica baptizada de Alfabeto das Séries, procuro aprender um pouco mais sobre séries que não conheço e dar a conhecer novas séries aos leitores do Imagens Projectadas. Como de costume, mais um post, mais uma letra. F, é a tua vez.

  • Fringe, (2008–2013), Fox, Terminada.

Fringe

Há muito para se dizer sobre Fringe, mas acho que talvez seja capaz de dizer tudo em apenas 5 palavras: Fringe é uma série fantástica. Muitos podem dizer que a série se perdeu muito na quinta temporada (o que não discordo) e que algo lhe faltava nos últimos tempos. Apesar disso, Fringe vale muito a pena, pela sua atmosfera misteriosa, pelos eventos irreais retratados nos episódios, por tudo que faz dela uma série de culto. Entre universos paralelos, acontecimentos inexplicáveis, mutações, os 100 episódios de Fringe são uma viagem que ninguém devia perder.

 Classificação:
starstarstarstarstar

  • Falling Skies, (2011– ), TNT, Parada.

Falling Skies

Em Falling Skies, numa Terra devastada pela invasão de extraterrestres, um professor de história lidera (tecnicamente não lidera, porque não é ele que está no comando na primeira temporada, mas é quase como se liderasse) um grupo de pessoas numa Boston destruída. Com três temporadas transmitidas e uma quarta assegurada, esta é uma série de ficção científica que me vem surpreendendo ano após ano. A primeira temporada foi boa, a segunda foi melhor, e a terceira foi ainda melhor. É daquelas séries que em primeiro se estranha (eu próprio demorei mais tempo do que queria a ver a primeira temporada), mas depois entranha-se.

  Classificação:
starstarstarstarstar

Continuar a ler

Anúncios

Bitaites em Série #1 – Do que já não é mas podia ter sido…

Normalmente tudo o que tem um princípio, tem um fim. Pelo menos foi assim que me ensinaram e eu pensava que assim era até começar a ser um geek das séries.

Aí apercebi-me que “o que tem um princípio, tem um fim” se as audiências americanas assim o entenderem.

Quem são então estes tipos(as) que decidem o que é bom ou o que é mau, o que interessa ou não interessa ver? Não sei. Nem me interessa. O que interessa para aqui é que por causa das audiências, algumas séries com algum (ou bastante) potencial, ficam pelo caminho a meio.

E se há coisa que me irrita é deixar algo a meio quando o enredo está no auge, como já aconteceu com algumas séries.

Nos últimos anos foram algumas as séries que tinham potencial para continuar mas por causa das fracas audiências conseguidas tiveram morte prematura. Os mais chocantes cancelamentos foram:

Continuar a ler

Recordar é re(vi)ver #3 – Dois é bom, três é ainda melhor

Olá leitores giros e engraçados, como vão?

Cá estou eu novamente para esmiuçar mais uma série que já foi cancelada, com ou sem jeitinho.

Para esta crónica não tive tempo de rever a série, sendo que a última vez que a vi a sério foi por volta de 2008, por isso isto provavelmente vai ser fraquinho.

Ora bem, a série escolhida podia muito bem tratar-se de algo pornográfico, só pelo nome. Mas não… É apenas uma sitcom americana dos finais dos anos 90/início de 2000. E é…. (barulho de tambores) …. Two Guys and a Girl (já perceberam a “piada” da pornografia? E se eu lhe tivesse juntado um copo? Ok, eu vou parar).

Continuar a ler

Diálise Dominical #∞ – O regresso de Firefly, a morte de The Killing e pessoas nuas

Ora boa tarde, meus mentirosos pequerrichinhos. Tudo bem? Não respondam…foi a minha mãe que me obrigou a perguntar isto. Diz ela “Ai e tal, tens de tratar os leitores como se de pessoas se tratassem”. Desculpem-na, que ela não sabe. Vocês são deuses  gregos…mas com roupa. Vamos acabar com esta parvoíce e passar para as notícias? Vamos!

Primeira notícias: GoT ganha terceira temporada. Ainda não agora. Talvez daqui a uns tempos. Mas ganha. E depois vocês dizem: eu já sabia disso. Aonde? No IP, no dia das mentiras.

Segunda notícia: depois de achar que a Stana Katic demasiado bonita para si, Nathon Fillion decide voltar a Firefly. Depois de aparecer com o cu ao descoberto num dos episódios finais, a série promete que desta vez mostrará as mamas da Christin…pronto, isso já aconteceu.

Continuando: (sim todo o post será feito com algo escrito, dois pontos, e uma notícia parva) The Killing regressa hoje, com promessas de revelar quem será o assassino. De tão internacional ser, e depois daquele final tão coerente, vai-se a ver e foi o Rei Ghob.

Mais coisas.. (viram? dois pontos): Gossip Girl decide doar o guarda-roupa. Os mendigos José Castelo Branco e a gaja que ele diz que é sua mulher, e com quem deve ter sexo interessante (imaginar tal pode provocar problemas mentais que farão gostar de PLL), foram os primeiros a desejar o fio-dental usado pela Serena.

Por último: a equipa do IP deseja um feliz dia das mentiras e, por isso, decidiu tirar a roupa…mas cada um em sua casa, antes de tomar banho.

PS: O Miguel cá vos trará as noticias correctas amanhã.