Alfabeto das Séries: C

Duas semanas depois, estou de volta com a letra C. Nesta rubrica baptizada de Alfabeto das Séries, procuro aprender um pouco mais sobre séries que não conheço e dar a conhecer novas séries aos leitores do Imagens Projectadas. Vamos a isso.

  • Community, (2009– ), NBC, Parada.

community

Community é, facilmente, uma das melhores comédias que eu já vi. As primeiras três temporadas foram geniais e fizeram-me avaliar em perspectiva outras séries de comédia que eu via – e a avaliação dessas tais séries foi fraquinha. E por falar em fraquinha, é esse o adjectivo que escolho para descrever a quarta temporada de Community, afectada pela polémica entre Dan Harmon (o showrunner) e Chevy Chase (Pierce Hawthorne), que acabaram por abandonar a série. Agora, para a quinta temporada, o showrunner original voltou, mas outro dos actores principais prepara-se para sair. Community já nunca será como antes, mas pode ser que ganhe um pouco do seu brilho. Só o tempo o dirá.

Classificação:
starstarstarstarstar

  • Chuck, (2007–2013), NBC, Terminada.

chuck2Chuck nunca foi uma série genial, mas sempre me cativou pela sua simplicidade e pela forma como (quase) todos os episódios acabavam bem e nos deixavam com um sorriso na boca. Tal como já tive oportunidade de dizer numa das minhas primeiras crónicas aqui no Imagens Projectadas, as duas últimas temporadas já estavam um pouco desgastadas e desiludiram bastantes fãs, mas mesmo assim, agora que a série acabou, não deixaria de a aconselhar a alguém que nunca a tivesse visto.

Classificação:
starstarstarstarstar

  • Continuum, (2012– ), Showcase, Parada.

CONTINUUM

Continuum é uma série canadiana de ficção científica cuja história aborda um grupo de terroristas de 2077 que viajam para para 2012. Aí, esse grupo de terroristas decide continuar as suas actividades, enquanto Kiera Cameron, uma polícia que acidentalmente os seguiu desde 2077 os tenta parar, ao mesmo tempo que mantém em segredo o facto de ser do futuro. Embora a série tenha como base um dos meus temas favoritos na ficção – viagens do tempo – a primeira temporada, embora razoavelmente boa, não me convenceu muito. Ainda não peguei na segunda temporada, e já li que ela melhora consideravelmente, mas para já, dou a esta série 3 estrelas.

Classificação:
starstarstarstarstar

  • Castle, (2012– ), ABC, Em exibição.

CASTLE

Nesta série da ABC, Richard Castle é um escritor que matou o personagem principal dos seus livros. Nessa altura, um fã começa a cometer crimes descritos nos seus livros, e é aí que Castle é interrogado pela polícia, juntando-se mais tarde à detective Kate Beckett para resolver esse caso e, mais tarde, outros casos na cidade de Nova Iorque. Não vejo a série, mas se a tivesse que a descrever em três palavras, diria talvez procedural policial romantizado. Apesar de me dizerem que é uma série boa, não posso dizer que senti muita curiosidade em vê-la.

Californication é outra das séries que toda a gente conhece mas que nunca me deixou minimamente curioso (excepto, provavelmente, com a participação recente de Marilyn Manson). Depois temos todos esses policiais como Criminal Minds, CSI: Crime Scene Investigation, CSI: NY, CSI: Miami e Cold Case, aquelas séries que muita gente vê (ou via, uma vez que as três últimas já foram canceladas) na televisão só para passar o tempo. Sinceramente, acho que este género já está mais que falado e que este tipo de série já deu o que tinha a dar. Já ouvi falar bem de Covert Affairs, uma série de espionagem sobre Annie Walker, uma agente estagiária da CIA que é “empurrada” para o interior da agência quando, inesperadamente, é promovida ao trabalho de campo. Aparentemente, ela saiu do anonimato pelas suas óptimas capacidades linguísticas, mas poderá haver algo ou alguém do seu passado que interesse aos seus chefes na CIA. Actualmente com quatro temporadas e uma quinta garantida, não tenho planos de a ver no futuro, apesar de a história me parecer interessante.

Charmed foi uma série americana que contava a história de três irmãs feiticeiras, cada uma com um poder em particular. As três, com os seus poderes mágicos, defendem inocentes contra bruxos, feiticeiros, demónios e outras criaturas sobrenaturais. Foi transmitida entre 1998 e 2006 e, devido ao seu sucesso, a CBS está a desenvolver uma versão re-imaginada da série. Cult, um fracasso da mid-season de 2013 cancelado ao sétimo episódio, segue duas pessoas que investigam os fãs da série fictícia Cult, que andam a recriar crimes cometidos nela. E por falar em fracasso, é um fracasso eu ainda não ter visto Coupling, uma sitcom britânica de Steven Moffat, o showrunner actual de Doctor Who. Coupling já foi comparada a Friends e a Seinfeld e está na minha lista de séries para ver… eventualmente. Ainda nas comédias, resta falar de Cougar Town, centrada nas “aventuras” de uma quarentona divorciada. Conheci esta série através de Community, onde um personagem fez uma pequena participação na série e depois contou a experiência aos seus colegas de universidade. Por fim, merecem ainda ser mencionadas a comédia improvisada Curb Your Enthusiasm; a prequela de Sex and the City The Carrie Diaries; o drama de bombeiros Chicago Fire; o spin-off the Battlestar Galactica, Caprica; a série de animação The Cleveland Show que também é um spin-off de Family Guy; e o drama místico passado nos 30 e cancelado abruptamente, Carnivàle.

Peço desculpa aos fãs de alguma série que eu posso não ter mencionado – prometo que no reboot do Alfabeto das Séries que será feito em 2023, vou falar dessa série! Até daqui a duas semanas e até à letra D!

Anúncios

2 thoughts on “Alfabeto das Séries: C

  1. Estás equivocado: Cougar Town não é sobre “as aventuras de quatro quarentonas divorciadas”, mas sim apenas de uma divorciada, interpretada por Courteney Cox. 😉 Não deixo de recomendar a série, que é muito engraçada, especialmente depois de deixar a premissa inicial (loucuras pós-divórcio) e se dedicar ao grupo de amigos, passando a ser mais parecida com Friends, com muito álcool à mistura.

    • Bem, é difícil falar de uma série quando não a vemos, não admira que mais tarde ou mais cedo cometesse um erro destes. Já o corrigi no post inicial, obrigado por avisares. 🙂

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s