The Magic Box(er) #2 – Séries para dias complicados

boxerSim, foram longas as férias, mas aqui estamos nós para mais uma temporada de crónicas. Sabem aqueles dias em que, depois de um dia de trabalho que vos deixou estoirado, onde a cabeça vos parece explodir em pouco tempo, e que as pálpebras tendem a fechar-se sem vocês quererem? É nesses dias que nem todas as séries são aceites, em que Mad Men é aborrecimento, em que Breaking Bad é confuso, em que Doctor Who é impossível, onde até Dexter não vos consegue despertar uma gargalhada que seja. Para isso, meus amigos, tenho a solução…

Eu, na minha falta de cultura de termos de séries de 45 minutos (xô, comédias!), por vezes divido-as em dois tipos: complicadas e leves. É destas últimas que tentarei falar. Daquelas séries que nunca chegarão aos grandiosos prémios, mas que estão cá no nosso cantinho com a memória de serem a salvação em dias complicados que já mencionei. Bones é uma delas, Nashville talvez seja a novata que mais se encaixa neste conceito…mas há 5 exemplos que gostaria de falar:

  • The Good Wife

Talvez a série mais dramática das que escolhi. The Good Wife não é uma série assim tão leve, mas mais uma série que tem uma facilidade de contar histórias absolutamente impressionante. Sempre com um arco narrativo a suportar, consegue ser um drama leve, que me dá gosto ver e acompanhar. É uma série que não me deixa apreensivo na maioria das vezes pela semana seguinte, mas que abro com gosto e sei que me irei divertir. Boas personagens, boas histórias, e um copo de vinho sempre a acompanhar.

  • Chuck

A única falecida deste grupo. Chuck também não é assim tão “leve” como isso, mas a forma como conseguiu despertar-me gargalhadas em argumentos que, por vezes, nada tinham de piada, é muito bom. Chuck foi uma série que foi perdendo o brilho, é verdade, mas sempre conseguiu ser um bom momento da semana. Talvez por isso é que ache que merece surgir aqui nesta curta lista…

  • Burn Notice/White Collar

Dois em um. Ambas da USA, talvez a emissora que entenda melhor este conceito de divertimento, as séries conseguem ter bons momentos, ter um arco narrativo consistente (mais WC que BN, que já mostra o peso dos anos e de não se conseguir reinventar tão bem), sempre com uma boa dose de acção. Burn Notice é a explosão, é carros a gastar pneu a fazer curvas com o travão de mão. White Collar é mais calmo, mais inteligente. Mas ambas divertem.

  • Castle

Referi Bones antes, mas Castle merece aqui lugar de destaque. A série não é nada de especial. Não é a esmeralda das séries. Mas também sabe isso, e não pretende tal. A particularidade de Castle é não ter ciência por trás, mas sim pessoas. Becket, para além de ter a bonita Stana Katic a dar-lhe corpo, é uma grande personagem, mas o seu companheiro, Rick Castle, é a alma da série. Para além de uma dupla bastante coesa e forte, ter casos que levam várias vezes pelo sobrenatural, ajudam a série. Porque, se a imaginação de Castle resolve bastantes casos, pelas teorias mirabolantes que tem, quando se junta a sua paixão pelo mundo do impossível, a série ainda fica melhor.

  • The Amazing Race

Para acabar, um reality show. TAR é o único que vejo, por várias ordens de razão. Primeiro, pela mobilidade do mesmo, estando num episódio na China e outro na Alemanha. Depois os desafios, que já estiveram melhor, mas conseguem ser bastante interessantes. Terceiro pelas equipas, levando-me sempre a optar por uma e a sofrer por ela. Mas, principalmente, para demonstrar que os americanos são um povo burro, com os erros que cometem ao longo dos episódios. Não me pede nada, nem paciência nem inteligência. Dá-me bons momentos…

Haveria muitas mais, mas fica aqui 5 escolhas para quem quiser divertimento sem compromissos. Porque se as séries que nos ficam na memória não costumam ser estas, são estas que muitas vezes nos acompanham depois de um dia difícil…

E para vocês, quais são as séries que vos acompanham em dias complicados?

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s