Inutilidades Audiovisuais: How To Be a Gentleman

Devido à força de X-Files, a Inutilidade Audiovisual foi atrasada uma semana. Mas meus caros, deixem o choro e vão mas é ler os artigos postados sobre o assunto esta semana, que já se faz tardia.

Voltando ao assunto, que deve ser por isso que cá pararam, trago-vos uma opinião sensaborona e sobretudo pouco determinista de uma série (chamam-lhe isso chamem…) que me desiludiu bastante, assim para à escala do muito. Como é meu apanágio, antes de ter sido lançada para o ar estava cheio de expectativas. A história parecia-me bastante engraçada e tinha pontos por onde se pegasse – a CBS lá pegou por alguma razão não é?

Esta sitcom, para quem ainda não ouviu falar, retrata uma amizade entre dois colegas de escola. O primeiro é um colonista bem educado mas assim para o cromo, o segundo é um veterano de guerra assim para o rude. O segundo ajuda o primeiro no treino físico e este ajuda o segundo a ser um Gentlemam. So far so good.

Depois disto, os dados.How To Be a Gentleman foi para o ar às quintas feiras com a estimativa de 13 episódios. Pouco tempo depois, esse número foi cortado para 9. Como já tinham ido para o ar 2 – repito, somente dois – os restantes 7 foram transpostos na grelha para Sábado ao fim da tarde. Isto depois do pessoal da CBS ter achado que uma repetição de The Big Bang Theory encaixava melhor no espaço ocupado por HTBG – até uma 5ª repetição de TBBT encaixava melhor. Acabou com apenas 1 episódio lançado nesse seu novo horário devido à rerun imprevista de Two And a Half Men. Os restantes episódios vão começar a ser emitidos HOJE na CBS, dia 26 de Maio. Digam lá a verdade, nunca ninguém sentiu esta paragem pois não?

Agora os factos. How To Be a Gentleman provou ser uma das piores sitcoms já feitas. Os momentos de humor não fazem rir, as running gags são estúpidas, os cenários são um atentado à cenografia amadora e, mais importante do que tudo, os dois atores apenas não funcionam juntos, são maus nos seus papéis e nenhum dos dois cria algum tipo de epatia, nem através da comédia nem através da construção da personagem.

É apenas mau. Podem comprovar isso fazendo o download de qualquer episódio e dando a vossa opinião.

Até o David Crane e a Marta Kauffman se riram com o 4.3 do IMDb.

Até à próxima meus amigos.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s