The Good Wife

E eis que decidi escrever sobre The Good Wife, mais uma das séries que ando a seguir semanalmente.

The Good Wife tem como base a história de Alicia Florrick (ineterpretada pela Juliana Marguiles), uma mulher com dois filhos (Zach e Grace, protagonizados por Graham Philips e Mackenzie Vegas) que sofreu e perdeu muito, devido aos erros cometidos pelo marido, Peter Florrick (interpretado pelo Chris Noth), e que se vê forçada a regressar à advocacia na firma Stern, Lochart & Gardner.

Confesso que tenho alguns problemas com a personagem principal, se por vezes me parece uma mulher forte, que arrisca e vai à luta, tem outros momentos que é demasiado “sem sal ” e sem personalidade, na minha opinião.No entanto, as personagens secundárias também dão brilho a esta série.

Will Gardner (protagonizado pelo Josh Charles), antigo amigo de Alicia e um dos sócios da firma onde esta trabalha. É ele que dá um voto de confiança e incentivo a Alicia, e é também com este que se forma um triângulo amoroso, que foi o que menos me interessou na série.

Diane Lochart (interpretada pela Christine Baranski), outra sócia da firma, vejo-a um pouco como a matriarca da firma, é a voz da razão e bom senso dentro da Stern, Lokhart & Gardner.

Cary Agos (interpretado pelo Matt Czuchry ), no inicio da série começa como advogado da Stern, Lockhart & Gardner, e é também a concorrência a Alicia, uma vez que estão ambos a “competir” pelo mesmo cargo na firma.Mais tarde irá trabalhar para o Peter Florrick.

Eric Gold (protagonizado pelo Alan Cumming ) é o director da campanha do Peter, que tenta esconder a separação do casal Florrick.

Por fim, temos a Kalinda Sharma (interpretada pela Archie Panjabi), uma investigadora muito kick ass, que vive rodeada de mistérios. E confesso que é a minha personagem preferida.

Temos também a participação especial e recorrente do Michael J. Fox, na pele do advogado Louis Canning, que tenta utilizar a sua doença para ganhar a simpatia dos juízes em tribunal.

Acho que The Good Wife ganha muito nas temáticas actuais levadas a tribunal, e até mesmo o que acontece com Peter Florrick lembra um pouco o que aconteceu com alguns politicos, que estiveram envolvidos em escândalos sexuais.

A terceira temporada que terminou esta semana, foi um pouquinho mais aborrecida de início. No entanto, a meio da temporada melhorou bastante. O final foi excelente, deixando-me ansiosa pela quarta temporada.

E pronto, assim vos deixo com esta sugestão. Sinto que ainda há muito por dizer sobre esta série, por isso é provável que ainda volte a mencioná-la no futuro.

Anúncios

One thought on “The Good Wife

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s