Bitaites em Série #1 – Do que já não é mas podia ter sido…

Normalmente tudo o que tem um princípio, tem um fim. Pelo menos foi assim que me ensinaram e eu pensava que assim era até começar a ser um geek das séries.

Aí apercebi-me que “o que tem um princípio, tem um fim” se as audiências americanas assim o entenderem.

Quem são então estes tipos(as) que decidem o que é bom ou o que é mau, o que interessa ou não interessa ver? Não sei. Nem me interessa. O que interessa para aqui é que por causa das audiências, algumas séries com algum (ou bastante) potencial, ficam pelo caminho a meio.

E se há coisa que me irrita é deixar algo a meio quando o enredo está no auge, como já aconteceu com algumas séries.

Nos últimos anos foram algumas as séries que tinham potencial para continuar mas por causa das fracas audiências conseguidas tiveram morte prematura. Os mais chocantes cancelamentos foram:

Firefly – uma das melhores séries de ficção cientifica. Só da mente de Joss Whedon podia surgir uma série que misturasse sci-fi com western. Os 3 últimos episódios nem foram para o ar.

Firefly

Carnivale – outra grande série, passada no período da Grande Depressão onde um circo percorria várias zonas dos Estados Unidos. Este circo, liderado pelo anão Samson era especial e estava carregado de magia e misticismo onde a velha luta entre o Bem e o Mal domina o enredo. Duas temporadas completas que poderiam ter continuado devido ao final em aberto que deixam várias questões no ar…

Carnivale

Traveler – Jay e Tyler são dois amigos, recém formados partem para New York para uma temporada de farra antes de começarem a dura vida de trabalho. Partilham quarto com outro jovem (Will) na mesma situação até que durante a visita a um museu ocorre um atentado. Jay e Tyler são acusados de terrorismo e Will supostamente morre. Jay e Tyler não chegam a resolver esta conspiração nem se fica a saber se Will afinal é amigo ou inimigo. A série teve apenas 8 episódios.

Além destas, outras tiveram final antecipado: Surface; Drive; The Riches; Rubicon (esta bem recente) e Jericho.

Deixei Jericho para o fim, porque a sua situação foi diferente. A série foi cancelada ao fim da 1ª temporada, quando a série estava no auge e o esforço dos fãs obrigou a CBS a anunciar uma 2ª temporada de apenas 7 episódios (a 1ª tinha tido 22) para dar um “final” à coisa.

Infelizmente isto não aconteceu com outras séries e as audiências que decidem cancelar boas séries são as mesmas que mantém outra valentes cagadas como Vampire Diaries, Supernatural , Glee ou as inúmeras séries passadas em hospitais (perdoem-me os fãs destes vómitos televisivos).

Das séries que agora terminaram ou estão a terminar temporadas há algumas que estão em perigo. As que mais me afectam são Alcatraz e Fringe.

Nós por cá continuaremos a ver o que de melhor eles nos quiserem dar, com grande excitação, esperando que não haja mais coito interrompido.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s