Os melhores do ano – Miguel Bento

Boas festas para todos e especialmente para a equipa do blog ao qual tenho a honra de participar. Este foi um ano de boa colheita de séries, tivemos uma melhoria substancial em relação a 2010, embora seja sem dúvida o cabo o rei da parada. Como forma de encerrar o ano faço aqui a minha breve retrospectiva sobre o melhor e o pior do ano, como é natural e dado que se trata de uma síntese algo poderá escapar o que não invalida que haja muito mais além do referido que mereça destaque, mas vamos a isso que o ano corre rápido e 2012 certamente fará novamente aumentar o número de séries que sigo. (onde vou eu arranjar tempo??) Saltemos então!
  • Melhor série: Homeland
Embora Game of  Thrones fosse uma opção mais viável e mereça destaque, Homeland foi a série do ano, cheia de suspense, interpretações fenomenais, um enredo brilhante e muito bem montado, uma das séries que finalmente me conseguiu tirar a respiração em alguns momentos como há muito não acontecia.
  • Melhor episódio: Homeland 1.11 – The Vest
É difícil escolher um episódio somente de tudo o que foi visto, mas o mais recente e aquele que foi o mais forte de toda a série Homeland, o episódio 1.11 – The Vest, é a essência da série e daqueles em que sofremos tanto mas tanto com a protagonista sabendo como ela tem razão mas está presa na sua loucura até que tudo se desmorona e só nos apetece chamar nomes ao restante elenco.
  • Melhor personagem: Constance – American Horror Story
Esta é talvez a escolha mais fácil, a personagem mais forte e mais importante de American Horror Story, Constance interpretada de uma forma brilhante por Jessica Lange, e que certamente lhe dará uma série de prémios nos próximos meses. Ela foi desde a sua primeira cena aquela que nos cativou e nos fez acreditar na série, mesmo que nos digam que é secundária, será sempre a principal.
  • Melhor cena: Final do episódio 1.09 – Baelor – Game of Thrones
Toda a cena da morte de Ned Stark é uma bomba na série para quem como eu não conhecia os livros e ficou brutalmente chocado. A partir desse momento a série ganha toda uma dimensão que não é habitual na séries deste género e ergue-se a um patamar superior onde tudo é possivel. Tudo isto visto pelos olhos da pequena Arya é simplesmente brilhante.
  • Desilusão do ano: Dexter/Terra Nova/Walking Dead
As três pela mesma razão, um argumento de temporada paupérrimo, interpretações na sua maioria lamentáveis e uma sensação que são todos zombies e que não há mais salvação para nada daquilo.
  • Surpresa do ano: American Horror Story

Podia referir aqui um grupo de séries óbvias mas para não enrolar muito a surpresa vem do autor de Glee ironicamente, a mente perversa de Ryan Murphy conseguiu trazer uma série surpreendente, cheia de novos artifícios e desmontou os clichés e tudo aquilo que sabíamos das histórias de terror e por isso merece estar aqui. American Horror Story é sem duvida uma vencedora por todas as emoções que nos conseguiu transmitir.
  • Guilty pleasure do ano – Shameless

Tenho alguma dificuldade em definir o que é um guilty pleasure, mas penso que Shameless cabe aqui perfeitamente não porque sinta alguma vergonha em adorar a série, mas porque ela nos toca de uma forma diferente das outras, é mais realista e isso deixa-nos com vontade de a ver num cantinho aconchegados sem ninguém a perturbar.

Claro que haveria muito mais para ser referido, Breaking Bad, Once Upon a Time e The Borgias, merecem pelo menos a distinção de honra pela sua capacidade de nos envolver. Mas por agora esperamos que 2012 traga mais e melhores séries e temporadas mais apelativas. Até breve e Feliz Ano para todos.

Anúncios

3 thoughts on “Os melhores do ano – Miguel Bento

    • Sem dúvida, mas é um estilo um pouco difícil, sobretudo as duas primeiras temporadas, mas quando se entra no ritmo aquilo é simplesmente genial, por acaso é uma falha minha nas escolhas, mas só porque tinha de ser somente um opção para cada categoria.

      • Pois ainda só vou no quarto episodio da primeira temporada, mas estou a gostar.

        P.S: Começei a assitir The Wire através do vosso site .

        Estão de parabéns, já ganharam mais um leitor.Continuem o bom trabalho.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s