As Séries e a Música #2 – The Music Never Stopped

Não sou cinéfila, nem tenho pretensões de o ser. Por vezes troco as séries pelos filmes. Há umas semanas aconselharam-me o filme “The Music Never Stopped”. Um filme, que acho que todos os fãs de música gostarão, uma vez que a música tem um papel vital.

Neste filme podemos ver a música como elemento catalisador nas relações inter e intrapessoais, e como elemento associado às nossas memórias. Não que tenha passado por uma situação como a que o filme retrata, muito longe disso, mas revejo-me um pouco no filme. Quem nunca associou uma música a um momento especial? Ou quem nunca associou uma determinada música a uma pessoa? Estes exemplos são universais. E no filme podemos ver como a música salva relações, e também como as começa.

Penso que todos os fãs de música deviam ver o “The Music Never Stopped”, não tanto pelo conteúdo musical, mas mais pelo papel fundamental que a música vai tomando ao longo do filme. Music Saves!

De referir ainda que fazem parte da banda sonora The Grateful Dead e que o filme foi baseado no ensaio “The Last Hippie”, de Oliver Sacks.

Anúncios

2 thoughts on “As Séries e a Música #2 – The Music Never Stopped

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s