(Quase) Tudo o que precisas de saber desta temporada

Ora bem a pedido do Aguerra e tendo em conta que estou muito em dívida para com ele, não podia recusar fazer um post sobre o que de melhor e pior se fez esta temporada. Bom desde já avisar que devido ao tempo demasiadamente ocupado a lista de séries que consigo visualizar não é muito extensa, portanto vou fazer um pouco diferente. O post vai ser constituído por uma breve análise do desempenho de todas as séries que vejo. E vamos começar pelas boas notícias. Spoilers!!!!

Sendo eu uma fã incondicional de Friday Night Lights, tinha de destacar aqui o seu último ano. FNL teve 5 temporadas exemplares, sempre com episódios que conseguiam corresponder às expectativas e mantendo o nível a que a série nos habitou, e a quinta temporada não fugiu à regra, permitindo assim encerrar esta magnífica série da melhor maneira. E para uma fã como eu que sofreu imenso com um possível cancelamento e um final em aberto, este final foi ouro sobre azul. O regresso das antigas personagens permitiu matar saudades e encerrar definitivamente as suas histórias dando um toque de nostalgia especial. Tamy, Coach Taylor e companhia já fazem falta. E infelizmente não parece aparecer no panorama televisivo americano nada do género à altura de FNL, quem nunca viu não perca a oportunidade de ver o melhor drama adolescente e uma das melhores personagens e casal presentes no mundo televisivo.

Continuando nos bons desempenhos e certamente que o Aguerra não concordará, mas tinha de falar de The Vampire Diaries. Pois bem comecei a ver a série receosa, mas a verdade é que esta acabou por me conquistar plenamente. E uma das coisas a seu favor é o facto de todos os episódios nos conseguir surpreender, prender ao ecrã e no fim do episódio acabarmos a pedir mais e mais. Não tem medo de arriscar e isso é algo que admiro na série. Que dizer dos últimos dois episódios desta temporada? Magníficos, arrepiantes, arrebatadores, poderão ser alguns dos adjectivos que poderíamos usar para os descrever. Espero uma terceira temporada, se não melhor, pelo menos que consiga manter o nível desta, para já daquilo que nos foi mostrado as expectativas são grandes. Teremos uma troca de papel entre os irmãos? Irá o coração de Elena balançar? Eu cá estarei para ver.

Bom agora segue-se uma série que não coloquei nos melhores desempenhos, mas também não considero que se tenha portanto assim tão mal, falo de Grey’s Anatomy. Depois do último season final fantástico as expectativas para esta nova temporada eram elevadas e apesar de não ter tido uma má temporada, acabou por não conseguir corresponder às expectativas criadas. Grey’s resolveu esta temporada trazer algo novo, fazer um episódio musical, eu não adorei mas contrariamente a outros também não detestei, simplesmente não me ligou à série e se não existisse não fazia falta, e acho que isso foi o que se passou em alguns episódios da temporada. Contudo o season final apesar de não ser tão dramático e chocante como o antecessor acabou por ter carga emotiva suficiente criando novas aberturas para a próxima temporada, novos caminhos, se serão os correctos teremos de esperar para ver, mas para já fico receosa quanto ao futuro e algumas notícias que tem saído, mas veremos o que Shonda Rhimes nos prepara.

Bom e agora passamos para as desilusões, a maior de todos foi sem dúvida One Tree Hill, que considero que já está demasiado gasta, e uma nova temporada só irá piorar um final que poderia ter sido feito enquanto a série ainda tinha alguma qualidade. Esta oitava temporada foi de uma mediocridade assustadora, demasiado parada, sem história, sem essência. E a verdade é que apenas continuo a seguir a série porque assumi um compromisso, caso contrário já fazia parte da lista de séries abandonadas neste caso por falta de qualidade associada à falta de tempo. Sinceramente não sei o que esperar da próxima temporada, espero sinceramente que seja o fim da série e que esta consiga recuperar alguma qualidade.

A série que se segue é Chuck, tal como One Tree Hill acho que Chuck já está um pouco gasto, embora a minha desilusão com a série tenha sido menor. Acho que o grande problema de Chuck foi focar-se demasiado na parte romântica e a junção do casal principal não fez nada bem à série, faz-me lembrar um pouco quando Meredith e Derek se juntaram e ficaram demasiado lamechas. A falta de uma história coerente ao longo da temporada também não ajudou. Mas mesmo assim ainda consigo desatar algumas gargalhadas com a série e isso é algo bom. Para a quinta temporada estou um pouco receosa mas pode ser que seja surpreendida com um Morgan renovado e com um humor afinado.

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Temporadas Televisivas por Filipa Silva. Ligação permanente.

Sobre Filipa Silva

Comecei esta aventura de escrever já a alguns aninhos atrás ainda no antigo Portal de Séries e a verdade é que o que inicialmente era visto como um pequeno hobbie foi ganhando o seu lugar próprio. A primeira série que tive o privilégio de seguir religiosamente foi MacGyver, e a partir daí muitas outras se seguiram. Para além de MacGyver, séries como Friday Night Lights, Lost, Prison Break e Chuck fazem parte do meu baú de recordações. Atualmente e devido a alguma falta de tempo são poucas as séries que tenho o privilégio de seguir, mas a eterna Grey’s, TVD, OUAT fazem parte das escolhas. Para além das séries e da escrita outra das minhas paixões é o desporto e viajar.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s