Notas da Semana – Mid Season #4 – Parte II

Segunda parte com duas notas 10 e as notas finais de Royal Pains e White Collar…para conferir já a seguir:

Mr. Sunshine (1.04) – Mr. Sunshine não é brilhante. Mas tem alguns momentos de comédia interessantes, consegue tirar uns sorrisos. Vai chegando.

Mr. Sunshine (1.05) – O melhor da temporada, conseguindo tirar mais que meros sorrisos. Gostei.

Mr. Sunshine (1.06) – Mais um episódio da série, que tem despertado bastantes sorrisos. Que continue assim.

Nikita (1.15) – Um episódio perfeito. Um episódio avassalador. Um episódio que não mais me sai da memória. Foi aqui que a mitologia da série deu um grande passo, foi aqui que a verdadeira Alex nos foi revelada. Nikita em todo o seu esplendor!

Nikita (1.16) – As minhas preces foram ouvidas… Tanto este como o episódio anterior foram maravilhosos, dignos dos episódios do início de temporada! Que gosto, que gozo! Como que um seguimento do anterior, agora estamos na cabeça de Alex. Amanda quer, a toda a força, descobrir o que ela esconde. Será que conseguiu? E Michael, que está cada vez mais perto de descobrir o plano de Nikita? Em Abril, tudo se consome nos últimos seis episódios da temporada. Ansiosos?

Royal Pains (2.17) – A série parece-me, cada vez mais, uma novela… Ora porque Evan diz a Paige que a ama, ora porque Boris sabe, finalmente, que vai ser pai, ora porque Divya não sabe se casa com Raj. A caminhar para uma recta final, Royal Pains desilude.

Royal Pains (2.18) – Que foi isto? Que episódio foi este? Isto foi o tão aguardado Season Finale que o USA anunciava? Não, foi tudo menos um final. Não deixou um cliffhanger interessante, não entusiasmou para a temporada que aí vem, não me puxou nada. Um “final” muito, mas muito fraco.

Shameless (1.08) – E mais um bom episódio da melhor série da Mid Season. Shameless consegue misturar muito bem a comédia com o drama e aqui viu-se de novo essa qualidade.

Shameless (1.09) – Outro episódio, outro elogio. Shameless vai elevando a qualidade e tornando a série mais esperada da semana. Fantástica.

Shameless (1.10) – É para continuar com os elogios, pois a série faz o favor de os merecer. Mais um episódio a encher as medidas, com as narrativas todas lá. Shameless é que tem lá tudo. Muito boa.

The Chicago Code (1.03)– Excelente episódio. Se andávamos à procura de corrupção, este é o episódio que a personifica. Todos os jogos e manipulações estão ali. Com um selo de qualidade, Shawn Ryan volta a não desiludir com o seu mais recente projecto.

The Chicago Code (1.04) – O melhor episódio até agora. Para além do habitual caso da semana, houve tempo para nos debruçarmos sobre o passado de Gibbons. Manteve a dinâmica e foi capaz de manter o espectador ligado do início ao fim do episódio.

The Good Wife (2.16) – 10 porquê? Porque, para mim, foi um episódio perfeito do início ao fim. Bom caso a culminar com aquela reunião…e mereceu claramente o perfeito.

V (2.07) – Uma guerra de três, agora com a avó de Lisa ao barulho. Anna continua os seus planos de invasão da Terra mas vê-se com um Tyler incapaz de responder ao Red Sky. Erica, agora líder, começa a formular um plano para, finalmente, atacar a nave-mãe em Nova Iorque. Tudo está a avançar para o final da temporada que promete surpreender.

V (2.08) – Embora com um plano astucioso, a história pouco avança e poucos frutos dá. Contudo, dá-nos um episódio com bastante acção, bastante movimento e dinâmica e, sobretudo, entretém. A dois episódios do final, o jogo de xadrez avança para aquilo que será um xeque-mate.

V (2.09) – V teve mais um episódio interessante não se esquecendo de preparar o tão aguardado Season Finale. Com uma Anna mais poderosa, V está a ir pelo caminho certo. Mal posso esperar por terça para, finalmente, observar todo o cenário de guerra que a série tem vindo a guardar.

White Collar (2.13) – Um velho amigo do marido de June regressa e Neal vê-se no meio de um negócio de falsificação. Entreteve, nada mais. E isso chega.

White Collar (2.14)– Keller regressa e tal não deixa Neal nada contente. Num claro jogo de xadrez onde a vida de Peter está por um fio, Neal vê-se numa posição bastante delicada mas consegue resolver o caso. Keller foge e cá me parece que o veremos no Season Finale.

White Collar (2.15) – Numa jogada de mestre, Neal e Peter trocam de identidade num caso bastante perigoso. Entreteve e não esqueceu de nos dar aquele pequenino detalhe que vai ditar o final da temporada, há muito esperado.

White Collar (2.16) – Excelente season finale. Estou sem palavras. Resolveram um dos grandes mistérios da série e não se esqueceram de colocar Neal num dilema moral. Que nos espera a terceira temporada?

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s