Factos Audimétricos #2

Estamos no fim do mês e nada melhor que comentar as performances das séries nossas favoritas, no que toca às audiências.

A audiência é o outro lado do tema “Séries”. A audiência é um conjunto de números que define a aceitação do público face àquele produto e informa os donos do canal se vale a pena continuar a apostar nele. E, sendo um fanático pelas audiências (se vissem o meu moleskine…), venho, hoje, falar-vos destacar-vos algumas performances deste mês que está quase a acabar.

Começando pela The CW, Nikita é a que se destaca pela negativa. Com uma estreia, em Setembro passado, de quase 3.5 milhões, a faixa, actualmente, está nos 2 milhões e, embora não sendo um resultado tão flagrante como o de 90210 ou Gossip Girl, é motivo para alguma preocupação.

The Vampire Diaries tem conseguido manter os seus 3 milhões embora, desde a sua estreia a 27 de Janeiro, os resultados têm estado um pouco instáveis. Gossip Girl e 90210 tem estado na fasquia do milhão e meio de espectadores mostrando, pois, uma queda face às temporadas anteriores. Quem fez valores semelhantes às das veteranas referidas, foi Life Unexpected que acabou cancelada. Que dirá isto do futuro de 90210 e Gossip Girl?

Deixando, agora, a The CW de lado passamos para o The Big Four da America: NBC, CBS, ABC e FOX.

Passeando pelos corredores da NBC, o canal que, dos 4, se tem revelado o mais fraco ao longo do ano, temos Parenthood que, como drama familiar que é, tem um toque de qualidade e de maravilha que faz com que a sua legião de fãs não perca um episódio. Ainda esta semana, venceu em rating, The Good Wife da CBS.

Chuck anda pelas ruas da amargura não passando a fasquia dos 5 milhões e meio, há já 3 semanas.

The Event, que embora tenha partido em Novembro, estará de volta muito brevemente, sofreu um decréscimo de audiência muito significativo e creio que, mais decréscimos serão esperados.

Parks and Recreation que voltou em Janeiro passado e embora tenha vindo a perder espectadores desde a sua estreia, consolidou bastante a sua história não desiludindo a cada episódio que passa. Não tendo ainda estabilizado, espero que esta semana a fasquia dos 4 milhões e meio se mantenha para Parks ficar nas boas graças do canal.

Para finalizar, Harry’s Law que estreou em Janeiro passado tem revelado muita estabilidade, na fasquia dos 8 milhões e meio e é seguro dizer que, para o canal esta é uma aposta ganha. Pelo contrário, The Cape tem vindo a desiludir não passando além dos 4 milhões.

Na CBS, quem teve uma estreia fraca foi Survivor: Redemption Island, tendo sido vista por pouco mais de 11 milhões de espectadores. Já Mad Love teve uma estreia ‘ok’ e o seu segundo episódio sofreu uma quedra de 700 mil espectadores que, não sendo algo flagrante é bastante significativo no que toca aos padrões do canal.

Provando, mais uma vez, que os seus procedurals ganham a noite, Hawaii Five-O tem feito performances boas nas noites de segunda notando-se uma luta pelo primeiro lugar com Castle. Sempre numa fasquia superior aos 10 milhões, Five-O está perfeitamente estabilizado e não arreda pé destes números.

A comédia Bleep My Dad Says terminou no dia 17 do presente mês e toda a sua performance não passou de boa. Perdendo quase 2 milhões do seu lead-in, The Big Bang Theory, e embora estável desde a sua estreia, Bleep não se conseguiu destacar. Comparando, no entanto, com Mad Love, a segunda está a fazer pior.

Tal como Bleep, CSI NY tem estado na fasquia dos 10 milhões a uma sexta. Claramente abaixo da temporada anterior, não tem desiludido não só a nível de audiência, mas de história. Já Blue Bloods, com as sucessivas trocas de sexta para quarta e de quarta para sexta, tem-se revelado, impressionantemente, estável, sempre acima dos 11 milhões embora os seus valores de rating/share desiludam um pouco no panorama geral.

Terminando a viagem pela CBS, há tempo para falar da nova Criminal Minds: Suspect Behaviour e de CSI Miami. A primeira teve uma estreia forte mas, a mim, não me convenceu. Já a segunda tem sofrido severos descréscimos de audiência face à temporada passada com valores muito próximos dos de Cold Case. Há razão para nos preocuparmos?

Indo para os estúdios da ABC, a primeira série a ser falada é Mr. Sunshine que conta com Matthew Perry no principal papel. Teve uma estreia forte mas sofreu uma grande descida aquando do seu segundo episódio passando de 3.7 pontos de rating para 2.6 e perdendo quase 4 milhões de espectadores.

Castle anda, igualmente, muito instável desde que regressou e embora esteja nos 9 milhões de espectadores ainda não conseguiu estabilizar os valores de rating.

Na sua sétima temporada, Grey’s Anatomy consegue uns excelentes dez milhões. Do seu spin-off, Private Practice, não se pode dizer o mesmo visto que, a semana anterior, atingiu o mínimo de temporada… Desde o seu regresso, Practice tem mostrado um descréscimo significativo nas audiências sendo que o seu último valor pertence à fasquia dos 6.7 milhões de espectadores.

Outro caso flagrante é Brothers & Sisters que me tem chocado a cada semana que passa. Com um início de temporada bastante sólido, 10 milhões, está agora nos 6.7. Embora seja a temporada final, como anunciado no Press Release do Grupo FOX International Channels, Sisters já fez muito melhor. Quais as causas de um descréscimo tão acentuado?

Para finalizar o canal, falo de Off the Map, a nova série de Shonda Rhimes que caminha a passos largos para o cancelamento. Embora entretenha, a série atingiu outro mínimo histórico a semana passada, 4.3 milhões, o que não é nada bom. Tendo começado, a série, com uns 7.5 milhões, a perda é muito significativa e não sei se Off the Map terá vida longa tal como as suas primas…

Finalmente, a FOX. Do canal, aponto o dedo a Fringe que, desde a sua mudança para as sextas, tem vindo a fazer resultados ‘ok’. Nas primeiras duas semanas, a audiência esteve à roda dos valores que fazia na quinta-feira, 1.9/5 (rating/share) e quase 5 milhões mas, à sua terceira semana, perde 0.3 pontos de rating. Subindo a semana passada, Fringe redimiu-se mas é difícil prever o que vai acontecer.

Este mês estreou, também, The Chicago Code que já estabilizou ao terceiro episódio, muito perto dos 8 milhões.

No Cabo, quem sofreu uma queda astronómica foi Justified ao segundo episódio da corrente temporada tendo perdido, face à estreia, um milhão de espectadores.

E assim termino mais um Factos na esperança que alguns dos valores se mantenham e outros melhorem. Voltando daqui a um mês, espero trazer melhores notícias para os fãs das séries tratadas acima.

P.S.: Peço desculpa pela análise exaustiva mas, como tenho muito terreno para cobrir, torna-se difícil condensar tudo num artigo pequeno.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s