Notas da Semana – Mid Season #2 – Parte II

Segunda parte, onde começamos com Nikita, passamos pela novata The Chicago Code, deixamos a opinião sobre os nerds de TBBT e ainda temos tempo para ir a The Vampire Diaries. Isto e muito mais, com as reviews a acompanhar. Que dizem?

Nikita (1.14) – Um episódio dúbio. Por um lado, tivémos a Nikita da primeira parte da temporada e por outro o novo rumo, o emocional, muito forçado. Embora a vida amorosa necessite de evolução, não forcemos as coisas e deixem Nikita ser o que era…

Raising Hope (1.12) – Um pouco aborrecido, no entante teve partes que compensaram e mantiveram o episódio na média da série: bom.

Raising Hope (1.13) – Mas que episódio fantástico! Muito engraçado o tema dos germes. Toda a família teve o seu momento de ouro, para fazer deste, dos melhores episódios da temporada.

Royal Pains (2.16) – A dois episódios do fim da temporada, as coisas parecem demasiado levianas para os lados de Royal Pains. Com um único objectivo de entreter, o episódio foca-se na intempérie que se aproxima e na relação entre Jill e Hank. Muito morno.

Shameless (1.06) – Num episódio um pouco inferior a normalidade, mas bem mexido, Shameless começa a calcar terrenos interessantes. Vamos ver o que virá da história da família.

Shit! My Dad Says (1.18) – O final da temporada. Um episódio que me deixou colado ao ecrã durante os 20 minutos e que não parou de me surpreender. O minuto final foi o suficiente para nos deixar a pensar. O final foi apenas o bilhete para voltarmos na segunda temporada. E é com alegria que vejo a série crescer e a evoluir e tomar o rumo que lhe favorece.

The Big Bang Theory (4.15) – Mais um episódio para encher, mais um episódio que aborrece. Acho que só soltei um leve sorriso na piada da Sandra Bullock. Alguma coisa precisa ser feita para que TBBT volte a ser o que já foi, uma série engraçada, pelo menos.

The Big Bang Theory (4.16) – Apesar de diversos altos e baixos, o episódio foi muito bom! No entanto, continua muito sem norte, não consegue encontrar uma história para levar em diante.

The Chicago Code (1.01) – Uma das novas promessas da FOX e, também, uma das mais aliciantes. Por fora, grita procedural mas é muito mais do que isso. Code é drama. Code é uma série a seguir.

The Chicago Code (1.02) – Um segundo episódio que começa no gancho deixado no piloto. Sem grandes velocidades, Code vai-nos mostrando as personagens. Ensina-nos a lidar com elas e com as suas histórias particulares. Code sobressai-se.

The Good Wife (2.14) – Mais um interessante episódio da série. Consegue jogar bem com as linhas narrativas, prendendo bem as mesmas e avançando aos poucos e poucos com cada. Cada vez gosto mais.

The Vampire Diaries (2.14) – Mais um óptimo episódio que vem confirmar a consistencia da temporada e mesmo da série. Veio-se confirmar certezas e descobrir-se outras. Gostei.

The Vampire Diaries (2.15) – É INCRÍVEL como a série continua excelente. Não pára de surpreender! Bonnie sem poderes, Katherine fora da tumba, Ellijah “adormecido”… E um final delicioso. Mas só um pormenor. Se aquele que morreu ao início morreu mesmo, como é que escreveu o livro que a Elena estava a ler?

V (2.06) – O melhor episódio da série até agora. A guerra, finalmente, começou. Está tudo a postos para a batalha contra os lagartos. É aqui e agora o começo de mais uma Guerra Mundial. Tivemos guerra, tivemos explosões, tivemos história, tivemos dinâmica. Um episódio que esteve dentro da zona de conforto de V e que prova que mais vale estar aqui do que inovar e perderem-se por rumos que não são os mais indicados.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s