Second Life #1

Sabiam que a grande maioria das coisas que vêm nas séries podem não corresponder à realidade? Claro que sabiam, dizer isto é constatar o óbvio, claro! Eu apenas estou aqui para dar ênfase a alguns casos que vejo. Algumas situações pontuais que de certeza que repararam também.

E assim aqui estou eu, de portátil em punho, ou no tampo da secretária (como quiserem), após uma intensa perseguição (ou não) levada a cabo pelo caríssimo Sô Guerra, com o objectivo de fazer perder o vosso precioso tempo de quarta-feira com histórias do Ali Bá Bá, apenas para dizer que o mundo que vemos nas séries não corresponde nada há realidade, fazendo passar assim uma leve ideia de que sou esta jovem que ainda acredita que estas situações iram mudar.

Quando começamos a ver alguma série, temos de imediato a noção que vivem uma vidinha perfeita dos subúrbios, como em Desperate Housewives, ou que têm o objectivo simples de singrar na vida, enquanto têm um emprego com oportunidades e vivem num apartamento numa cidade fantástica como em Ugly Betty, ou até mesmo quando vemos que apenas um simples emprego como cronista pode comprar roupas caríssimas como acontece em Sex and the City. Não me julguem, pois não estou aqui para criticar, apesar de ser essa imagem que vai passar quando lerem isto, mas a verdade é que existem algumas falhas que não posso deixar passar ao lado.

Como vimos no final da 5º Temporada de Desperate Housewives, Susan acaba por deixar a sua vida, que para mim é de sonho, na aparentemente pacata Wisteria Lane para viver num apartamento (decorrer da 6º Temporada) enquanto se despe para milhares de homens que a vêm via online. Gosto sempre de relembrar que Susan inicialmente vendeu o Clube de Strip que Karl lhe deixou por herança por motivos que eu acredito que tenham sido de consciência, e agora acaba por trabalhar no ramo do Strip. Não gosto de dizer muitas vezes isto, mas na verdade, o karma é lixado. Seja como for, mesmo vivendo em dificuldades, Susan não deixou de conduzir aquele carro (que eu desejo) nem de querer ir comer fora assim que se vê com algum dinheirinho na mão daquele negóciozinho de tirar a roupa. É que poupar dinheiro nas refeições e trocar o carro por um mais baratinho são sempre das primeiras preocupações!

Também em Sex and the City, vemos as aventuras de Carrie e as suas amigas, e vemos o quanto elas se divertem na cidade, e as suas compras, e tal… Bem, se pararmos para ver, o ordenado base de um cronista no Brasil, dependendo de inumeros factores como o estado do mercado de trabalho entre outros, é de 1200 Reais, o que corresponde a 534 euros mensais (algo que como cronista deste site nem me chega aos bolsos… sou explorada!). Ora, tudo bem que Carrie já tem algum renome e até acaba eventualmente por se tornar escritora freelancer na Vogue, mas até lá ainda vai um bocado de esforço, e a gastar em média 400 dólares por par de sapatos (com Miranda uma vez afirmou), que convertidos são em média 296 euros, não sei como é que esta Diva têm um tecto (já que ainda pagava renda e vivia em Manhattan por amor de Deus!) e come todos os dias. Como disse, até pode ganhar mais, mas Carrie á uma viciada em sapatos.

São estas pequenas coisas que eu vejo nas séries e que creio que não correspondem à realidade. Sim, sei que é ficção mas o principal objectivo de muitas séries como estas é recrear a vivência diária de personagens com quem nos identificamos, e sinceramente, como cronista deste site, não me vejo com a rica vida de Carrie. Também sou viciada em sapatos mas não tenho tendência a gastar 296 euros num par de sapatos. Também não sou diva, e não vivo numa zona assim não boa, apesar de viver na Capital, em Lisboa. Talvez um dia, consiga viver assim como Susan e o seu belo carro, ou como Carrie e o seu gigantesco guarda-roupa, mas não neste momento.

Espero que tenham gostado, ou pelo menos compreendido o meu ponto de vista. Até para a semana minha gente!

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s