Notas da Semana – Fall Season #7 – Parte I

Esta semana com um ligeiro atraso, a tabela semanal do IP volta para acertar as contas das séries da Fall Season. O António Guerra, devido a factores estudantis não estará cá esta semana, pelo que não haverá “Factos Audiométricos” (do Jorge Pontes), que será adiada para a próxima semana.

Better With You (1.06) – Um episódio de Halloween que manteve o nível que Better With You tem mostrado no decurso desta sua primeira temporada. Foi interessante ver as formas que Ben utilizava para descobrir o que é que Maddie queria para o seu aniversário… A razão? Puro esquecimento. Ainda me consigo rir, é certo, mas ainda espero por Aquele episódio senão Better With You cai no “puro esquecimento”.
Being Erica (3.06) – Seguir os impulos não é fácil e ninguém melhor que Erica para nos explicar tal. Being Erica consagrou-se como a melhor série que vejo, a nível de drama. Foi, com certeza, o melhor episódio da série e aquele que é capaz de inspirar muitas cabeças desinspiradas que por aí deambulam neste mundo. A vida é feita de escolhas sejam elas impulsivas ou pensadas. O melhor da vida está em saber aproveitá-las.
Cougar Town (2.06) – Um episódio que embora seja de Halloween, toca num dos assuntos que sempre me tocou bastante: a família. Numa troca de diálogos entre Jules e seu pai, estas duas personagens mostram-nos como viver em família e em como ultrapassar todas as dificuldades, em família. Um episódio sólido, interessante e cheio de amor.
Lost Girl (1.05) – Dinâmico, cheio de acção e uma boa história, Lost Girl começa a aquecer. Finalmente, os argumentistas decidiram avançar com o arco principal e Bo parece bastante preocupada com as revelações que lhe foram feitas. Onde irá dar tudo isto?
Lost Girl (1.06) – Um episódio estranhamente light e interessante. É Kenzi quem luta pela vida e Bo, que ao mesmo tempo aprende a controlar a sua fome, tenta salvá-la com a ajuda de Lauren. Pergunto-me que terão reservado para Lauren porque a sua presença ali no meio não me parece, de todo, despropositada.
Lost Girl (1.07) – Mais um caso semanal. Desta vez, é uma aranha que assume a maldade. Um episódio sólido mas não passa disso. Precisa-se algo mais. Lost Girl está a perder pontos, comigo.

Boardwalk Empire (1.09) – Teve um bom ritmo, as narrativas começam a se compreender e a série a desprender as personagens. Mas, mesmo assim, é preciso dar mais.

Community (2.07) – Após encher de riso no episódio anterior, a série desce um pouco o ritmo. Mesmo assim consegue cativar, solta bastantes piadas, comédia fresca. Community é a melhor comédia e isso ninguém duvide.

Dexter (5.07) – Sem Harry o episódio perde um pouco da magia. Mesmo assim, vemos Dexter a crescer, a ganhar confiança, a evoluir para outros lados e isso faz com que a série se torne interessante. Tem ritmo lento? Tem. Mas isso permite que a personagem cresça como deve ser.

Friday Night Lights (5.02) – Tal como TWD, teve um inicio arrebatador e agora desceu o ritmo. FNL está a preparar narrativas interessantes mas este episódio, apesar de necessário, foi demasiado parado. Vamos ver o que surge daqui…

Fringe (3.05) – Um regresso inferior a sua partida mas, mesmo assim, muito bom. Fringe continua a ser a melhor série da temporada e vai dando passos firmes para a continuação do reinado.

How I Met Your Mother (6.08) – Melhor que o anterior. Sim senhora…teve a Jennifer de regresso, teve uma boa narrativa, teve umas piadas que deram para rir e avançaram com o arco, pelo menos um pouco. Não se pede mais nada.

Grey’s Anatomy (7.07) – “That’s Me Trying” é um episódio regular dentro das potencialidades da série, que continua a surpreender e a chocar. Agora é esperar que se resolvam os problemas criados e que se arrumem as gavetas da sexta temporada definitivamente.

Glee (2.07) – Finalmente um episódio mais consistente! Continua, porém, com as personagens e narrativas todas desorganizadas. E por isso continua neste limiar.

4 thoughts on “Notas da Semana – Fall Season #7 – Parte I

  1. Eu achei o setimo episodio de Grey’s o melhor desta temporada, adorei as interpretações e os rumos seguidos, com excepcção do Karev e da April. Quanto a FNL também gostei mais do primeiro episódio, mas não achei este demasiadamente parado, até gostei bastante de alguns pormenores.

    • Como a nota o “diz”, o episódio foi Muito Bom. Mas não foi o melhor, porque a mudança de Cristina está a constituir um problema à série. Yang é, para muitos, a alma da série, que com esta alteração deixa de o ser.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s