Notas da Semana – Fall Season #4 – Parte II

E cá está a segunda parte da tabela…até à próxima semana, se não comentarem. Se comentarem ainda esta semana respondo:

Modern Family (2.03) – Foi boa? Foi. Mas não achei nada de brilhante. A série dá um episódio bom, com sorrisos e alguns risos, mas pouco mais. Ainda não foi desta que a série tremeu e revelou o seu verdadeiro valor.

Nikita (1.05) – Mais um episódio excelente onde a tensão esteve sempre presente. Continuamos com o caso da semana que está, intimamente, ligado ao arco principal da série. Estivémos quase o estratagema de Nikita vir por água abaixo quando é descoberta por Thom. Vamos ver como os eventos ocorrerão a partir daqui.

Raising Hope (1.03) – Naquele que é o melhor episódio até agora, nota-se um maior esforço para começar a modelar as personagens e as piadas. A “avó” é a personagem mais parva da trama e é tão bem interpretada que só podia sair um bom produto final. A série terá a temporada completa de 22 episódios, que eu espero que mantenha o ritmo, mantendo as situações caricatas que envolvem Hope e as suas 1001 expressões.

Rubicon (1.10) – Rubicon começa a demonstrar os seus trunfos. Começa a ligar narrativas. E, para além disso, consegue dar-nos outros pontos de interesse.

Começando pela narrativa. A narrativa é de Will e a sua nova companheira, Katherine. A série já tinha prometido juntar os dois, mas a promessa, ao ser cumprida, trás algo mais no bico: um avanço gradual da narrativa que promete muito para o próximo episódio, quando vierem as consequências deste encontro. Veremos.

Quanto aos outros pontos de interesse, para além do caso, temos o regresso da bela Tania, agora com outras funções. Apesar disso, acho que a série irá dar algo mais com a personagem e não apenas para organizar papéis. Pelo menos ela vale muito mais. Vamos ver se a série consegue dar.

Rubicon tem, apesar de um episódio preparatório, um excelente episódio. A série vem crescendo aos poucos e parece que chegará ao final bem crescida. Esperemos que sim…

Rubicon (1.11) – O melhor episódio da temporada. Claramente.

Rubicon decide, neste episódio, libertar-se das amarras. A série foi construindo as situações às pinceladas. Calmamente o desenho foi aparecendo. Mas tão ténue que pouca gente, ou ninguém, percebeu.

A junção que se deu neste episódio é brilhante. O caso que acompanhava a conspiração, e que parecia mero divertimento, ganha uma intenção e uma importância totalmente diferente. A série, naquele momento, cresceu muito.

Adicionado a isto a evolução no que toca à conspiração ajuda. Aquela cena de luta veio mesmo a calhar e, claro, as consequências desta. De novo um Will perdido mas a saber que a costa tem crocodilos à sua espera. Agora é preparar a espingarda…vai ser fantástico.

No fundo, e após ter-nos obrigado a fazer parte do puzzle, Rubicon decide, neste episódio, dar metade da solução. E é fantástica essa metade…ou seja, esperemos que a outra ainda seja melhor. Porque Rubicon está a dar muito gosto em acompanhar.

Última nota para duas coisas: primeiro a área da representação, que está irrepreensível. Nada menos seria esperar de uma série da AMC. A segunda é que, num pequeno som, a série consegue colocar uma carga dramática fantástica. Viu-se isso com o som da serra. Muito, mas mesmo muito, bom.

Rubicon (1.12) – Que grande, mas mesmo grande, episódio da série da AMC. Rubicon é, agora, o melhor drama que passa pela TV.

Foi mesmo o tiro de espingarda que tinha prometido. O puzzle decidiu acabar de completar-se e, numa rapidez fantástica, estoirou com o mesmo. Will mostrou-se uma personagem extraordinária, a conspiração mostrou-se fantástica, Rubicon mostrou-se quase perfeito…está guardado para o final.

Aquilo que ninguém esperava é que aquilo colidisse. Que tudo ocorresse. O episódio, para uma série que a maioria intitula de lenta, foi bastante mexido. Voltas e reviravoltas, necessárias e inesperadas, a série foi dando a sua volta. Fantástico.

Podia continuar com elogios, mas ainda falta o último. Mas Rubicon vai ser daquelas séries que vai deixar saudades. Quando partir…esperemos que não seja já agora.

Running Wilde (1.02) – Bastante inferior ao primeiro, a série não demonstrou os mesmos ingredientes. Consegue ter alguma piada, mas não foi claramente um episódio hilariante…

Shit! My Dad Says (1.03) – Um episódio muito bom que contou com momentos hilariantes. William Shatner não está no seu melhor mas é o que aguenta a série. De resto, Henry fica a saer a razão do divórcio dos seus pais e Ed desabafa com a pessoa mais imprevisível que podia haver. Entretém.

The Big Bang Theory (4.03) – Inferior aos anteriores, a série continua a funcionar bem. Mas eu peço mais. Peço que funcione muito bem, que nos dê Sheldon em grande. E neste episódio foi muito rafeiro…não gostei tanto.

The Event (1.03) – Cada vez melhor, The Event presenteia-nos com mais um episódio muito sólido e dinâmico. Sean continua a sua intensiva busca para encontrar a sua amada, enquanto as organizações ligadas ao governo continuam à procura de respostas ligadas ao “evento”. Mr. Lee e Sophie sacrificam um dos seus, para salvar o grupo. Quão mais longe irão?

The Event (1.04) – Neste episódio pouco se avançou. Os interesses continuam a prevalecer aos sentimentos, houve o jogo entre Leila/Vicky, a busca de Sean, reacções fisicas e psicológicas dos “sobreviventes”… Foi um preparar de jogo que poderia ter oferecido mais que meras informações. Os flashbacks perderam importância. Só espero não haver mais estratégias que culminam em avanços e recuos, com um adiantamento final mínimo.

The Good Guys (1.11) – Chega dizer que é um dos pontos essenciais da semana. The Good Guys é, claramente, uma das séries que anda por aí que nos mede menos e dá mais.

The Good Guys (1.12) – Pode ter sido inferior ao anterior? Pode. Mas é TGG, a nova série do Matt Nix onde o senhor dá asas a imaginação. E saem verdadeiras pérolas de lá…

The Good Wife (2.02) – Mais um grande episódio de TGW, com um caso muito interessante e arcos narrativos que são bons para serem acompanhados. A série está muito boa de se acompanhar neste início.

The Vampire Diaries (2.05) – Finalmente um episódio que podemos comparar com a primeira temporada! Jeremy resolveu dar de si e Bonnie foi esquecida. Foi um erro claro terem tentado juntar bruxas e lobisomens na mesma temporada. Neste caso, está-se a dar uma clara valorização aos lobisomens, deixando o lado maléfico de Bonnie para trás.

As “amizades” de Katherine é que não param. Desta vez foi o lobisomem Mason Lockwood, que já conhece Kat faz anos, que está nas mãos da vampira.

The Whole Truth (1.03) – Uma série que continua a primar pela qualidade. A química entre os principais é fantástica já para não falar das excelentes interpretações. Não me desilude.

Undercovers (1.03) – Mais um caso semanal, onde se joga acção com comédia, romance e balas. Foi interessante ver a forma como resolveram o caso, mas não nos trouxe nada de novo. O casal de protagonistas continua com uma química boa de mais, todos os episódios acabam com juras de amor para sempre. Vamos lá abananar isto, senhores!

De novo partilho esta tabela com o Jorge Pontes e o Ricardo Lima e, por isso, um grande agradecimento a ambos. Só é possível ter a tabela completa com a ajuda de ambos.

Anúncios

2 thoughts on “Notas da Semana – Fall Season #4 – Parte II

  1. Oh meu Deus, quase que tive um ataque depois de ver a nota que deste do episódio 12 (que ainda não vi)..
    E se, agora, consideras o melhor drama que passa pela TV, melhor que Dexter e Fringe, no teu caso que Dexter, ou tás bêbado ou é algo quase do outro mundo… muuuuuuuuuito ansioso para ver o episódio! 😀

    Sobre The Event, de facto o episódio 3 quase que me encheu as medidas, coisa que neste ultimo não se notou assim tanto, ainda assim deu para ficar muito surpreso com a reviravolta por parte da Vicky, tudo planeadinho, já tava a pensar que palhaçada era aquela da Leila se safar daquela forma, mas não, The Event não desilude, até agora não e não creio que o faça… A cada episódio que passa mais ansioso fico pelo próximo episódio. É de longe a melhor nova série da Fall Season e que venham muitos e muitos mais episódios 😀

    • Depois conta o que achaste.

      Quanto a The Event não posso comentar, pois não sei o que se tem passado. Dizem que está bom, mas continuo a dizer que The Event vai ainda cair algumas vezes. Veremos se a aposta sai correcta.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s